GK Bike Store - шаблон joomla Книги
Menu

ETE

A ETE contempla as duas grandes sub-bacias de esgotamento da malha urbana: a do córrego Água Santa e a do Ribeirão do Peixe.

A estação de tratamento contém duas etapas; a primeira, inaugurada em 2008, atenderá a demanda atual da cidade e a segunda projetada para quando o município atingir uma população de 130.000 habitantes.

O tratamento dos esgotos sanitários de Itabira tem os objetivos de remover sólidos em suspensão e de estabilização da matéria orgânica, por um sistema de tratamento em nível secundário.

Fluxograma de processos da estação de tratamento:

Razões para tratar os esgotos:

  • Saúde Pública: Reduzir o número de organismos patogênicos presentes nos esgotos, possibilitando seu retorno ao meio ambiente sem o risco de transmissão de doenças de veiculação hídrica;
  • Ecológica: Evitar a degradação ambiental, protegendo a vida vegetal e animal;
  • Econômica: Reduzir o custo do tratamento da água e a indisponibilidade desse recurso para o consumo humano, industrial e comercial;
  • Estética: Evitar prejuízos ao lazer e ao turismo devido à poluição das áreas utilizadas para essas finalidades;
  • Legal: Os proprietários de áreas de lançamentos de esgotos têm direitos legais de uso da água em seu estado natural.
back to top